Apple computers

3 06 2008

Apple old logoApple Inc. empresa de produtos tecnológicos fundada à 32 anos.

Empresa que tem vindo a revolucionar este sector, no que diz respeito a produtos de uso pessoal.

Começando por ser a empresa responsável pelo primeiro computador pessoal acessível a leigos. Com o seu computador chamado Apple Lisa em 1976, no qual introduziu uma ferramenta que hoje todos os computadores utilizam, o rato, talvez a ferramenta física mais importante inventada até hoje, que possibilitou a larga adopção dos computadores pessoais.

Hoje em dia os computadores da Apple são vistos por muitos, apenas pelo seu lado estético… Ponto que eu discordo pelo menos em parte… É inegável que o design dos computadores da Apple são imbativeis, prova disso é o mercado estar infestado de imitações… Mas essa não é a característica fundamental dos seus computadores nem de perto nem de longe.

Primeiro  computador que mexi foi um Apple, um PowerBook da primeira geração, mas não sei ao certo que modelo… Nunca dei grande importância aos seus computadores.

Na verdade só à uns anos comecei a dar-lhes importância, precisamente por causa do design, quando começaram a não ter aparência de um computador (a habitual caixa branca, com uma catrefada de fios pendurados e um monitor muito gordinho). Entrava nas lojas e ficava fascinado com os seus produtos.

Até à um ano ou dois, um amigo meu comprar um iBook G4… Ao primeiro contacto fiquei apaixonado, com a simplicidade, facilidade, funcionalidade, e claro, a beleza.

Entretanto  à uns meses comprei o meu primeiro Mac, e tudo o que eu esperava dele foi cumprido… Cumpriu e ainda deu mais um bocado.

Tudo funciona exactamente como eu esperaria que funcionasse, tudo está bem integrado, parecendo que tudo foi feito pela mesma pessoa, tal a forma harmoniosa como todo o conjunto funciona.

Há um tempo li um artigo que falava de um estudo que dizia que a exposição aos produtos da Apple tornava as pessoas mais criativas. Achei parvoíce, não dando grande credibilidade. Verdade ou não o facto é que me sinto mais criativo em todos os trabalhos que faço num macintosh, efeito placebo? Talvez… Mas não quero saber, estou incrivelmente satisfeito com a minha compra, e tão cedo não vou trocar a plataforma Mac por nenhuma outra.

Mais uma vez a Apple veio revolucionar… Revolucionar a minha maneira de interagir com os computadores e tornar-me mais produtivo.

 

Filmei a entrega e a  abertura do meu MacBook, depois foi só edita-lo:


Só possivel devido à genialidade dos produtos vindos de Cupertino, Califórnia.

 

Observação: O logo que está no inicio é um logo antigo da Apple que já não é utilizado, mas continuo a acha-lo lindo.
Observação 2: Se quiserem assistir ao video com boa qualidade, e verem mais informações, comentários, etc, sigam este link.




Maio de 1968

1 06 2008

Mês de Maio já lá vai, mas não queria deixa-lo passar sem uma breve reflexão sobre os acontecimentos que aconteceram à 40 anos e as suas consequências…

No inicio do mês uma professora pediu-me para fazer um póster sobre o Maio de 68, eu aceitei… Também não tinha alternativa…

O que acabou por ser bastante positivo, gostei muito de estar envolvido nesse projecto, em todos os sentidos.

Principalmente porque me fez reflectir sobre esses acontecimentos e na sociedade de hoje…

Sabia em traços gerais o que era, greves que começaram nos estudantes franceses e que rapidamente foram apoiados massivamente pela população trabalhadora, protestos que paralisaram o país durante semanas, culminando na queda do governo, governo este que foi eleito nas eleições seguintes… Mas a mensagem tinha sido compreendida…

No entanto, o mais importante ficou por explorar e pensar… Foi a herança desta revolução em França e posteriormente noutros países nos deixaram, herança para as sociedades que se seguiram e da qual fazemos parte.

Sendo estudante de Política Social é de facto muito importante compreender estes acontecimentos, e o impacto que tiveram na sociedade.

Impacto este que tem a ver com a substituição de valores, onde os antigos valores como respeito pela autoridade, religião e patriotismo caíram e deram lugar a valores como igualdade nomeadamente no que diz respeito às mulheres, direitos humanos e liberdade sexual, este ultimo particularmente interessante, na altura havia grande repressão por parte do regime em todas as formas de afecto entre sexos opostos(do mesmo sexo nem vale a pena referir), era por exemplo absolutamente proibido dar um simples beijo nos lábios, tal acto dava direito a passar  umas noites na prisão, pelo menos… 

A consequência mais evidente é facilmente observada e sentida. Liberdade… Valor conquistado com grande custo e ao qual dou grande importância. Liberdade de pensar, liberdade de escolha, liberdade de agir…

Consequência desta liberdade é que está no meu entender por determinar. Tenho a impressão que também tem pontos negativos.

Hoje as pessoas parecem pouco reais, muito pouco interessadas… Não consigo ser muito objectivo mas é impressão que me dá, pessoas são muito iguais, sem opiniões e muito superficiais. Do qual se calhar também estou incluído, mas há claramente excepções.

Que acham vocês? 

 

Por outro lado gostei muito de fazer os pósteres por outros dois motivos. Primeiro porque gosto do processo de criação, de uma folha em branco e um monte de fotografias, criar e montar um “produto” que no final me deu grande prazer vê-lo terminado. Segundo e como devem ter ideia, os pósteres são uma imagem de marca daqueles acontecimentos, os estudantes fizeram milhares deles, e eu 40 anos depois fiz também, entrando um bocado no espirito também.

 

Ai estão os pósteres:

 

A ideia surgiu da banda desenhada dos anos 60, no entanto, acabei por adaptar a ideia e fazer uma coisa mais moderna.

Poster 1

Este tem o fundo preto e as molduras em branco.

Poster 2

Este é o inverso, fundo branco com molduras pretas.

 

 

Este post foi escrito pela segunda vez, a primeira fechei a janela e a ferramenta que devia salvar automaticamente não fez o seu trabalho… Rescrevi mas sem a mesma motivação e inspiração, está claro!





Objectivos

30 05 2008

É isso mesmo, criei finalmente um blog… 

Já tinha esta ideia a vários anos, mas nunca a pus em pratica, talvez por falta de tempo, talvez por preguiça, mas como se costuma dizer, mais vale tarde que nunca.

Criei este blog com vários objectivos em mente, primeiro é de exercitar a minha escrita, coisa que nunca fiz por livre vontade, e agora vou fazer, ou pelo menos tentar… Segundo tem a ver com o meu gosto com tudo o que é relacionado com o mundo da tecnologia, e por isso pretendo aprender a “bloggar” e explorar os recursos desta plataforma o mais possível.

Falarei sobre quase tudo, ou sobre quase nada, como disse… Depende do ponto de vista. Posso escrever notícias, analises sobre produtos, pensamentos que eu tenha sobre qualquer assunto… sei lá… Tudo o que me apetecer, afinal de contas este espaço é meu.